15-10

2020

Grupo Bel, SA, adquire participação de 10,5% na Global Notícias–Media Group, SA

Em cumprimento das obrigações legais da transparência, a 12 de outubro último, a Global Notícias-Media Group, SA, comunicou à ERC, através da atualização de informação na Plataforma Digital da Transparência, a aquisição de uma participação de 10,5% por parte da Páginas Civilizadas, Lda., sociedade veículo detida pelo Grupo Bel, SA. A participação foi adquirida ao Novo Banco, SA, que deixa de ser titular de capital e de direitos de voto na Global Notícias.

02-10

2020

Regulamento no âmbito da transparência dos media publicado em Diário da República

Foi publicado hoje em Diário da República o Regulamento n.º 835/2020, aprovado pelo Conselho Regulador da ERC, a 9 de setembro de 2020, após ser submetido a consulta pública, e que estabelece as regras sobre a transparência dos principais meios de financiamento e sobre o relatório anual de governo societário das entidades que prosseguem atividades de comunicação social.

01-07

2020

Pedidos de confidencialidade decididos pela ERC em junho

Em junho de 2020, o Conselho Regulador deliberou sobre um conjunto de pedidos de confidencialidade submetidos ao abrigo da exceção prevista na Lei da Transparência, quando invocados "interesses fundamentais dos interessados”.

30-06

2020

Covid-19 gera quebras de 61% a 80% nas receitas de um terço das empresas de media

Relatório da ERC traça panorama do impacto económico e organizacional da pandemia de Covid-19 no setor da comunicação social em Portugal, a partir das respostas a um questionário que dirigiu, entre 24 de abril e 6 de maio, a entidades representativas do setor registadas na Plataforma Digital da Transparência (pessoas coletivas com contabilidade organizada que identificam a comunicação social como atividade social) e a prestadores de televisão por subscrição.

01-06

2020

Pedidos de confidencialidade decididos pela ERC em maio

Em maio de 2020, o Conselho Regulador deliberou sobre um conjunto de pedidos de confidencialidade submetidos ao abrigo da exceção prevista na Lei da Transparência, quando invocados "interesses fundamentais dos interessados”.